Energia Solar em prédio? Conheça as 4 possibilidades

 em Energia Solar

“Eu moro em prédio residencial, infelizmente não tenho como reduzir minha conta de luz com a energia Solar fotovoltaica”

Isso é o que a maioria das pessoas dizem.

Porém, morar em prédio e ter energia solar é perfeitamente possível, e existem 4 possibilidades para isso acontecer.

1. Morar na cobertura

Quem mora na cobertura do prédio pode aproveitar o terraço para instalar os painéis fotovoltaicos, desde que não tenha problemas com o síndico ou com a administração do condomínio.

2. Compartilhar a geração de energia com outros moradores

Se o síndico não permitir que você se aproprie do espaço do terraço, você pode dividir com ele, com outros moradores, e até mesmo com a área comum do prédio. Dessa forma, é feito uma usina para ratear a energia entre os participantes e reduzir a conta de luz de diversas pessoas.

Energia Solar em Prédio

Esta é uma das modalidades previstas na resolução normativa n° 687 da ANEEL, chama-se Empreendimento com Múltiplas Unidades Consumidoras.

“Não temos espaço no terraço,nosso prédio tem antenas, caixa da água e para-raios”

Se o problema é esse, tem solução:

3. Ter outro imóvel

Se você tiver outro imóvel e cumprir os seguintes requisitos é possível instalar o sistema no outro imóvel, reduzir a conta de luz do outro imóvel e utilizar a energia que sobrar para reduzir a conta de luz do prédio:

  1. Ambos os imóveis devem ser atendidos pela mesma concessionária de energia;
  2. As duas contas de energia devem ter a mesma titularidade;

Esta modalidade também está descrita na resolução n° 687 e chama-se Autoconsumo Remoto.

4. Entrar em uma cooperativa ou consórcio de Geração Compartilhada

Essa é mais uma das modalidades presentes na mesma resolução citada, chama-se Geração Compartilhada.

Nesse caso é formado um consórcio ou uma cooperativa com vários integrantes, é construída uma usina, geralmente de grande porte, em que cada integrante terá uma porção da produção energética.

A usina não será construída no prédio, o morador apenas recebe os créditos de energia proporcionais ao valor da sua cota e a concessionária de energia automaticamente desconta o valor em créditos da conta de luz.

Referências:

Foto prédio com painéis na fachada – https://ocp.news/entretenimento/o-compartilhamento-de-energia-solar-e-a-solucao-para-condominios-diminuirem-gastos-com-a-conta-de-luz

Energia solar em terraço de prédio – https://www.moneycrashers.com/shared-community-solar-gardens/

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Tempo nublado ou com chuva gera energia solar?Economizar energia durante pandemia